"Mais luz do que o sol do meu céu só o som do seu sim" (Tchello d'Barros)

SEJAM BEM VINDOS !

Seguidores

domingo, 28 de fevereiro de 2010

Cálice do amor de nós & És simples assim


Cálice do amor de nós

Quando me encontrar
do lado oposto dessa ilusão tão lúdica
e absorver o mel que reservou pra mim
quero me esbaldar nessa visão telúrica
ser o seu amante, ser seu frenesi e seu querubim

Quero degustar o favo que se partiu ao meio
ser seu complemento nessa fusão do amor
e ao refestelar-me nesse cálice do desejo
me perderei pra sempre nas dobras da paixão

Serei mais que completo nesse entrelaçar risonho
para transformar o sonho num temporal fugaz
e quando enfim souber que o amor regou-me
quero novamente o néctar, de sua flor lilás.


Marçal Filho
Itabira MG
28/02/10

És simples assim

Conservo-te dentro da alma
exilando a saudade temporã
dos sonhos que acoberto
nas entranhas de um passado
mesclado de cores fugazes

Trago teu cheiro
no perfume das manhãs
despertada no canto
das gaivotas praieiras

Espero-te na música dolente
do mar bravio,
no sabor das espumas de sal,
cheirando a erva seca
molhada com teus olhos matinais

E chegas, despojando-me das dúvidas
que entrelaçam certezas,
na volúpia fluida dos sonhos,
musicando o silencio suave
que embriaga a quietude

Conceição Bentes
28/02/10

3 comentários:

  1. Passeando pelo mundo virtual,
    da poesia, vi dois grandes expoentes.
    De um lado estava o mineiro Marçal,
    do outro a potiguar Conceiçao Bentes.

    Perdoe-me pela visita, é que eu precisava aprender mais um pouco.

    Abraços e ótima semana pra ti e para os teus.

    Furtado.

    ResponderExcluir
  2. Olá amiga!

    Selinho "PAZ NO MUNDO"

    BUSQUE-O AKI
    http://poesiaseternas2.blogspot.com/

    Apenas um carinho meu....Beijos!

    ResponderExcluir