"Mais luz do que o sol do meu céu só o som do seu sim" (Tchello d'Barros)

SEJAM BEM VINDOS !

Seguidores

domingo, 1 de agosto de 2010

Poético Caminhar



Não olho o que foi visto e esquecido,
do passado que guardo a ausência,
e sigo o caminhar na voz
que traduz a alma

Ainda há tempo para o amor
que foge do meu comando,
buscando sem descanso outra vinda
ou qualquer resposta
convertida em esperança

E quando algo surgir,
torne essa procura finda
acendendo o mundo em mim
recomeçando travessias
que nascem com a poesia



Conceição Bentes
Publicado no Recanto das Letras em 30/07/10
Código do Texto: T2408959

Um comentário:

  1. Intertemporalidade evanescente e envolvente!...
    Belo!

    Beijos.

    ResponderExcluir