"Mais luz do que o sol do meu céu só o som do seu sim" (Tchello d'Barros)

SEJAM BEM VINDOS !

Seguidores

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Volúpias



Pedaços de mim te adivinham
Nos olhos que te guardam
Como o silêncio de um rio
A isso, dou nome de autenticidade

Pedaços de ti integram minh’alma
Como tatuagem bem delineada
E definida em lugar incomum
A isso, chamo desejo e saudade

Nossos momentos se definem
Na volúpia fluida dos sonhos
Vivendo o tempo que não teremos,
A eternidade que nos abraça
Em rumos sem destino




Ceiça Bentes & Marçal Filho
Natal (RN) /Itabira MG
05/10/2010
Publicado no Recanto das Letras em 06/10/10
Código do Texto: T2541760

2 comentários:

  1. Belíssimo abraço da eternidade. Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Amiga sensibilidade a flor da pele. maravilhoso dueto. Parabéns. beijos.

    ResponderExcluir