"Mais luz do que o sol do meu céu só o som do seu sim" (Tchello d'Barros)

SEJAM BEM VINDOS !

Seguidores

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Poema que te faço



Queria escrever-te
um poema soberano,
do querer mais humano,
de amor,
tal uma prece
a uma paixão sem idade
que não mais esquecesses

Poder cantá-lo nas ruas
cingidos pelo desabar do tempo
como um vôo sem asas,
cruzando o silêncio das serras
chegando a ti desarmada
como o gemido das águas

Seria um poema de luz,
no vôo de pássaros libertos
algo impreciso e fugaz,
uma canção,
depois do acorde final


Conceição Bentes
Publicado no Recanto das Letras em 20/01/12
Código do Texto: T3451711

(Poema dedicado a minha amiga
Sonia Marinho)

Um comentário:

  1. Sua Poesia, seu jeito único de rabiscar esses versos tão simples quanto colossais, sempre irá encantar-me...
    Porque minhálma levita frente teus versares plenos sempre que os leio.

    Um grande Beijo do Fã minha amiga sensata e sábia...

    Marçal Filho

    ResponderExcluir